sábado, 6 de outubro de 2007

Tempos Passados 81




Ato Final

Aqui jaz o que houve de mim em você
e o que havia de você em mim.
Aqui jaz tudo de bom que eu pensei que existisse.
Aqui jaz minha dedicação, minha boa-vontade,
meu carinho e meus desejos.
Chegou ao fim, prematuramente,
a longa jornada que iniciamos,
mas que jamais chegaria a bom termo.
Por favor, conceda o descanso também
às suas palavras vazias
ricamente adornadas com mentiras,
apague o riso fácil do rosto,
cale meu nome, esqueça minha voz.
Leve consigo minha dignidade, meus princípios,
minha entrega, é tudo seu, não mais me pertencem.
Devolvo seu tempo, sua disponibilidade,
não são pra mim, não mais e,
talvez, nunca tenham sido.
Vamos esvaziar o palco, fechar as cortinas,
dispensar o público.
Eu estava em cena e nem sabia,
e agora que sei e descobri meu papel,
não quero mais atuar.
Fim de temporada, dissolução da companhia.
De agora em diante, sigamos em paz e sozinhos.

Nina Victor



6 comentários:

Patuska disse...

É tão triste esse tipo de encerramento...
a gente fica sem nem saber mesmo o que dizer...

Só quero que vc fique bem...

Nina Victor disse...

Não se preocupe, Paty, estou legal... isso são coisas passadas! ;)

Helio Jenné disse...

Tristão! Me deu até vontade de chorar... Ainda bem que são Tempos Passados", rs. Beijos, Nina!

Nina Victor disse...

Chora não que já passou!!! rs
Beijo, Helinho! :)

Patrícia Gomes disse...

Ufa, que bom que seja... Mas mesmo passado sei lá... doeu um tikinho aqui... acho que por quase ter podido dizer o mesmo que vc, sei lá...
Águas passadas tb. rs
xerin

Nina Victor disse...

Acho que todo mundo já teve um final de relacionamento doloroso, uma droga, mas acontece...
Beijoca, Paty! :)