domingo, 7 de outubro de 2007

Incômodo



Quero escrever e não sei bem o que, não sei como me expressar, o que dizer. A tristeza embota o raciocínio e cria um incômodo interno tão grande que me coloca num estado de apatia, sensação de pré-morte, desalento, letargia... Não está valendo de nada o sol brilhando lá fora, o domingo perfeito para passeios e encontros, as posssibilidades de vida... nada me encanta, nada me impulsiona... nenhum alento no ar, nenhuma boa perspectiva, nenhuma verdade para eu acreditar...


8 comentários:

Patrícia Gomes disse...

Poxa... queria pintar um lindo sorriso em teus lábios, mas nem sei se ainda o0 sei fazer...
Vem pra cá passear, vem!

Nina Victor disse...

Ah, Paty... tem vezes que algo acontece e me deixa muito triste. Mas graças à Deus já passou. Hoje já estou mais feliz!
Puxa vida... a gente bem que podia morar mais perto, né? Muda com o Simbi aqui pro Rio... tá, Juiz de Fora já serve... rsrs
Beijo! :)

Patuska disse...

Ahhh, faça essa proposta pra el, hehehe se o medo do casório deixar... hahaha
Ele gosta mto de Juiz de Fora, mas não larga a mãe dele aqui por nada...
Quem sabe um dia vamos todos de mala, cuia e bichos... rs

Nina Victor disse...

Fala pra ele trazer a mãe junto! Nossa, Juiz de Fora é aqui do lado, a gente poderia se ver sempre!!! Seria tão bom... Vem pro "Sul", vem!!! :)

Patuska disse...

Eu queeerooo.. rs Na verdade não gosto de Uberlândia, o custo aqui é alto e o povo frio.
Atenta o moço, atenta!!! rs

Nina Victor disse...

Vamos dar um papo no mocinho!
Quem sabe ele se anima... :P

SOL RIBEIRO disse...

Espero que já tenha passado esse estado de espírito. Estou assim agora. Espero que você já tenha encontrado uma nova verdade prá acreditar ou trocado o olhar para a mesma verdade ficar mais clara. Espero que isso aconteça comigo também. Beijos. Sol

Nina Victor disse...

Já passou, Sol.
Faço votos que você também já esteja numa melhor fase.
Beijo! :)