quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Querido Diário





Numa tarde de revelações
ele resolveu mostrar suas anotações
para a menina, que, espantada, lia
em cada linha e entrelinha,
as experiências e pirações
que ele havia vivido um dia...

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro



Despertar



Misha Borisoff



Eles seguem, enamorados,
rumo à Terra dos Sonhos,
absortos em seu enlevo,
entregues e descuidados...
Mas o tempo do real
vem à galope atrás deles,
antecipando sem dó
o fim do viajar,
fazendo os sonhos morrerem
trazendo o despertar.

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro



segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Doçura de Luz



Doçura de Luz

Durga, a mais linda de todas! :)


domingo, 7 de outubro de 2007

Incômodo



Quero escrever e não sei bem o que, não sei como me expressar, o que dizer. A tristeza embota o raciocínio e cria um incômodo interno tão grande que me coloca num estado de apatia, sensação de pré-morte, desalento, letargia... Não está valendo de nada o sol brilhando lá fora, o domingo perfeito para passeios e encontros, as posssibilidades de vida... nada me encanta, nada me impulsiona... nenhum alento no ar, nenhuma boa perspectiva, nenhuma verdade para eu acreditar...


sábado, 6 de outubro de 2007

Tempos Passados 81




Ato Final

Aqui jaz o que houve de mim em você
e o que havia de você em mim.
Aqui jaz tudo de bom que eu pensei que existisse.
Aqui jaz minha dedicação, minha boa-vontade,
meu carinho e meus desejos.
Chegou ao fim, prematuramente,
a longa jornada que iniciamos,
mas que jamais chegaria a bom termo.
Por favor, conceda o descanso também
às suas palavras vazias
ricamente adornadas com mentiras,
apague o riso fácil do rosto,
cale meu nome, esqueça minha voz.
Leve consigo minha dignidade, meus princípios,
minha entrega, é tudo seu, não mais me pertencem.
Devolvo seu tempo, sua disponibilidade,
não são pra mim, não mais e,
talvez, nunca tenham sido.
Vamos esvaziar o palco, fechar as cortinas,
dispensar o público.
Eu estava em cena e nem sabia,
e agora que sei e descobri meu papel,
não quero mais atuar.
Fim de temporada, dissolução da companhia.
De agora em diante, sigamos em paz e sozinhos.

Nina Victor



Desenlace




Solte minhas pernas e não finja me querer.
A linguagem do silêncio fala mais do que ousa me dizer.

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro





Música Para Mim




É música para mim
Tua voz, teu sorriso
E até mesmo teus silêncios.
Teus sons me acompanham...
E te ouço em cada nota
Que o universo toca
Na cadência dos dias e
No repouso das noites...

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro





Pecado Original




Se Eva não resistiu à serpente
e o pecado já está feito,
por que haveria eu
de não me deitar em teu leito?

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro




segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Era Sol, agora, Chuva



Queria escrever sobre o bem que você me fez
e como isso se tranformou em tristeza.
Mas a dualidade dos sentimentos
tem alguma sutileza que eu não sei traduzir.

Nina Victor