domingo, 16 de setembro de 2007

Tempos Passados 79



Às Vezes


Às vezes tenho vontade de dizer-lhe coisas bobas mas gostosas... tipo maria-mole... sabe como? Coisas sem muita afetação, sem métrica, sem confusão, coisas apenas - palavras - saídas do coração.
Ás vezes tenho vontade de brincar, dar bobeira, fazer zoeira, gargalhar, fazer doideira e transar de qualquer maneira... sem frescuras, sem preocupação, sem pressa.
Ás vezes tenho vontade de implicar, pra testar limites, pra ver qual é, pra saber se sou amada - só pra dar um suporte pra minha insegurança... que criança!
Às vezes não quero ser, quero ter, quero matéria, quero tato, quero calor, quero suor... fricção.
Ás vezes eu enlouqueço de tanto que lhe desejo e quando isso acontece não lhe puxo, ao contrário, eu lhe expulso - sai daqui - me esquece, me abandona...
Às vezes, no momento seguinte, volto mansa e toda doce lhe seduzo: - vem pra cá, me faz um dengo... tô querendo me enroscar... vem pra cá me dá seu corpo... tô querendo lhe explorar...
Às vezes é tudo tão claro...
Às vezes não compreendo...


2 comentários:

Paty disse...

Eitaa...
Às vezes eu acho que vc lê a minha mente... Escreve coisas tão claramente ligadas ao que sinto que parece mesmo ter entrado na minha...
Beijos...

Nina Victor disse...

Paty, o inverso é verdadeiro também.
Você é especialista em me decifrar!
Beijo carinho! :)