domingo, 30 de setembro de 2007

Just Sail





sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Chuva




art by Théberge



E nesta noite, caro blog,
tu guardas mais chuva do que sol.

Nina Victor



Silenciada





Algumas vezes, a morte
Se anuncia através do desencanto.
Se a deixa para cantar foi deixada de lado
E o colorido, displicentemente, esquecido,
Que posso eu fazer, a não ser me recolher?

Nina Victor



Roberto Freire





Sua sombra está aqui sobre a mesa

e inexplicavelmente, o sol nascente
vai apagando a minha lâmpada
e não a sua sombra.
Eu sei que você está aqui.
Você nunca me deixou, nunca.
Tenho você dentro de mim,
bem no fundo, no sangue.
Você corre em minhas veias,
você passa por meu coração
e se purifica em meus pulmões.
Eu te amo, eu te sinto, eu te vivo.



Começou!




Os amados e desejados dias de férias finalmente tiveram início. E o alívio que sinto é total. Meu corpo agradece, minha mente agradece, meu espírito agradece. Tudo que habita e é em mim, agradece! Nestes dias não quero obrigações nem compromissos, salvo os escolhidos por mim. Serão dias de celebração ao ócio construtivo e necessário. Dias de criatividade, de colocar me ordem as bagunças que faço ao longo do ano e rearrumação do meu cantinho pessoal (redundante, não? mas é aasim mesmo que quero escrever). Enfim, dias MEUS! Que sejam de paz, saúde e muito amor! :)



quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Margaret Mitchell





"Her lips on his could tell him
better than all her stumbling words."



segunda-feira, 24 de setembro de 2007

D. H. Lawrence




"I am in love -- and, my God, it is the greatest thing that can happen to a man. I tell you, find a woman you can fall in love with. Do it. Let yourself fall in love. If you have not done so already, you are wasting your life."


Nós




Minha língua mergulha em tua boca
e procura a tua língua
pra saber dos teus segredos
explorando o teu céu
de cometas flamejantes
que incendeiam meu desejo
de beber tua saliva
que me encanta com teu hálito
(tão peculiar, saboroso)
E nas voltas que a gente dá
naquele universo tão íntimo
(minha boca na tua boca)
meu querer é um só
que o instante não termine
que os olhos não se abram
que os corpos se despertem
e trafeguem livremente
pelo reino dos sentidos.

Nina Victor



domingo, 23 de setembro de 2007

Tempos Passados 80




O amor tem sido desleal comigo...
Desleal quando promove nosso encontro
mas não a nossa permanência.
Desleal quando me joga na arena
mas não me provê de armas pra lutar.
Desleal quando me embriaga de encantos
mas não me fornece o antídoto.
Desleal, ao mostrar-me,
depois de uma vida de espera,
que tudo sempre foi uma quimera.

Nina Victor



sábado, 22 de setembro de 2007

Isto eu já aprendi... ;)





How much do you know about movies?




Faça o teste! (em inglês)



Dieta Do Chá Verde




O sabor é amargo, mas logo você vai descobrir que o sacrifício de beber algumas xícaras de chá verde todos os dias vale a pena. Só para começar a lista de benefícios: ajuda a secar gordurinhas.

É sério! Essa bebida milenar (e tão na moda atualmente) tem o poder de emagrecer. E existe comprovação científica. Uma pesquisa publicada no American Journal of Clinical Nutrition, conceituada revista da Sociedade Americana de Nutrição, acompanhou dois grupos de gordinhos. Os dois seguiram um cardápio de baixa caloria. Mas só o primeiro bebeu de seis a oito xícaras de chá verde por dia. No final do estudo, esses pacientes queimaram 4% a mais de gordura que o grupo que passou longe do chá. A explicação é que a bebida tem ação lipolítica. Não só isso: “O chá verde acelera o metabolismo, desintoxica e facilita a digestão”, diz a nutricionista Vanderlí Marchiori, especializada em fitoterapia e colaboradora da Associação Paulista de Nutrição.

Mas não vale dar um ou dois golinhos – você tem de se comprometer a, diariamante, tomar pelo menos cinco xícaras. E, é claro, seguir ainda um cardápio orientado por nutricionista. A combinação chá verde + dieta pode fazer você emagrecer até 5 quilos em 15 dias!

Outros poderes

Emagrecer é apenas uma das vantagens do chá verde. Estudos feitos em importantes centros de pesquisa dos Estados Unidos e da Europa mostraram que também faz bem para a pele. Extraído da planta Camellia sinensis, tem altas concentrações de antioxidantes, considerados até mais potentes que os carotenos e as vitaminas C e E, substâncias que atuam contra as rugas precoces.

Outra pesquisa, desta vez realizada na Universidade de Tohoku, no Japão, e publicada recentemente no The Journal of the American Medical Association (Jama), mostrou que a erva é eficaz na prevenção de doenças do coração. Seus compostos reforçam as artérias, diminuem as taxas de colesterol ruim e bloqueiam o acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos. O consumo habitual também previne inflamações na gengiva e até tumores malignos de boca e mama. “Substâncias como as catequinas e os bioflavonóides são capazes de impedir alterações no DNA das células, o primeiro passo para o desenvolvimento de um câncer”, diz Vanderlí.

Um teste de laboratório apontou mais um efeito positivo do chá verde: melhora a memória. Mas os estudos para comprovar mais esse efeito estão só no começo.


O jeito certo de fazer

É muito fácil preparar o chá verde, mas há alguns segredinhos importantes para você preservar os princípios ativos da erva. Vamos lá: Coloque a água para ferver e assim que surgirem as primeiras bolhas de ar (antes de começar para valer o processo de ebulição), apague o fogo. Acrescente a erva (o ideal são 2 colheres de sopa para 1 litro de água, mas comece com apenas 1 colher, pelo menos até você se acostumar com o sabor do chá) e abafe por 2 ou 3 minutos. Depois é só coar e tomar.

Gostinho bom

Dá, sim, para deixar o chá verde mais gostoso. Você pode combiná-lo com cidreira, hortelã, erva-doce, casca de frutas (abacaxi ou manga) ou maçã seca para suavizar o sabor amargo, sem interferir nos efeitos terapêuticos da Camellia sinensis. Faça assim: ferva 1 litro de água com 1 pedaço médio de casca de abacaxi ou 1 punhado de folhas de cidreira, por exemplo. Desligue o fogo e acrescente o chá verde. Abafe por 2 ou 3 minutos e coe.

Mais alguma pergunta?

Especialistas respondem às principais dúvidas sobre o uso do chá verde.

Quantas xícaras de chá devo beber por dia para emagrecer? De cinco a seis xícaras. Se você quiser ir além, fique à vontade. Segundo o clínico geral e fitoterapeuta Miguel Mussi, do Centro de Terapias Integradas, no Rio de Janeiro, o consumo do chá verde é milenar e não há notícias de efeitos colaterais, a não ser em quem tem sensibilidade à cafeína presente na composição.

Qual a temperatura e o horário ideais para se beber o chá? Em jejum, o ideal é tomar o chá morno – cai melhor no estômago vazio. Nos demais horários (lanches da manhã e tarde, meia hora antes ou duas depois das refeições principais), tome-o na temperatura que você preferir – quente, frio ou gelado –, desde que tenha sido feito da maneira adequada. E se você tiver insônia, tome a última xícara no máximo até as 17 horas.

Posso adoçar o chá verde? Sim, mas use uma quantidade pequena de mel (uma colher de chá) ou de estévia. Açúcar e adoçantes químicos prejudicam o poder do chá de desintoxicar o organismo, dificultando a perda de peso.

O chá de saquinho funciona? “Geralmente, o chá de saquinho traz várias partes da planta, como folhas e talos. Isso diminui a concentração dos princípios ativos da erva e o efeito acaba sendo apenas aromático”, diz Vanderlí.

Posso tomar cápsula no lugar do chá? Ao contrário do saquinho, a cápsula costuma ter uma dose altíssima do princípio ativo, o que pode interferir na qualidade do sono e na pressão arterial. Portanto, só deve ser usada se houver a indicação de um profissional (endrocrinologista, homeopata, fitoterapeuta ou nutricionista) de sua confiança.

O chá preto e o banchá têm o mesmo efeito do chá verde? Todos os três são extraídos da mesma planta, a Camellia sinensis. A diferença é que o chá preto e o banchá passam por processos diferentes de torrefação e fermentação que reduzem os benefícios da erva, especialmente no caso do chá preto. O banchá oferece benefícios mais próximos ao do chá verde e tem o sabor mais suave.

Dá para fazer o chá horas antes de consumí-lo? O ideal é beber o chá logo após ficar pronto, antes que o oxigênio do ar destrua parte dos componentes ativos. “Mas a bebida preserva substâncias importantes para o corpo até 24 horas após o preparo. Depois disso, as perdas são consideráveis”, explica Vanderlí. Então, para facilitar a dieta, prepare de uma só vez a quantidade de chá necessária para um dia, e coloque-o numa garrafa térmica ou jarra de vidro ou inox (evite recipientes de plástico ou alumínio) dentro da geladeira.

Existe algum segredo para armazenar a erva? Em local seco, fechado e ao abrigo da luz.

Tem alguma contra-indicação? Sim. Grávidas, pessoas hipertensas ou com gastrite. Se estiver usando algum medicamento também é aconselhável perguntar ao seu médico se você pode consumir o chá verde.


Fonte: Revista Boa Forma



Frágil Flor




Sinto muito...
Mas nem sempre a delicadeza
vence a aridez de alguns sentimentos.
Ainda que tenha florescido,
sem cuidados,
a frágil flor da ternura não resiste e,
despetalada, se acaba.
Sinto muito. Mesmo.

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro





sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Severidade




Há algo de severo em minhas expressões
mesmo quando o momento me demanda placidez:
É a rígida cobrança a mim mesma
a fim de que eu não perca a lucidez.

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro






quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Aham...





domingo, 16 de setembro de 2007

No Ar



arte de wafran guedes


Estou espantada, assustada,

sem ação, sem noção,
sem rumo, sem direção,
sem saber o que fazer,
sem saber o que dizer,
ao mesmo tempo sem freio,
ao mesmo tempo imprudente...
o que tá havendo comigo?
o que tá havendo com a gente?...

Nina Victor



Da Preservação do Amor





Chega um tempo em que é preciso desfazer a casa. E desfazer não é destruir, não é sabotar, não é abandonar. Desfazer exige arte, exige controle, exige paciência, exige amor. Pode parecer um contra-senso ligar desfazer a amar. Porém o ato de desfazer a casa é um ato amoroso que evita o rancor, evita a surpresa, evita até mesmo o desamor. Desfaz-se a casa para que o amor prossiga. É preciso sempre manter-se atento para reconhecer o momento de desfazer a casa quando ele se apresenta. E falo em atenção, pois este momento não chega fazendo estardalhaço... ele é sutil... discreto, se apresenta de branco, se mistura ao dia a dia e se o deixarmos passar, ele degenera e vira destruição. O ato de desfazer a casa é comedido, é respeitoso, é amigo. Desfazemos a casa para preservarmos o jardim. Tiramos o peso dos móveis, as limitantes paredes e passamos a contar com o aberto do jardim, onde afinal, tudo começou... E digo com quase toda certeza, que, se apesar da casa desfeita, o jardim permanecer, tudo pode ser, tudo pode existir, tudo pode renascer...



Tempos Passados 79



Às Vezes


Às vezes tenho vontade de dizer-lhe coisas bobas mas gostosas... tipo maria-mole... sabe como? Coisas sem muita afetação, sem métrica, sem confusão, coisas apenas - palavras - saídas do coração.
Ás vezes tenho vontade de brincar, dar bobeira, fazer zoeira, gargalhar, fazer doideira e transar de qualquer maneira... sem frescuras, sem preocupação, sem pressa.
Ás vezes tenho vontade de implicar, pra testar limites, pra ver qual é, pra saber se sou amada - só pra dar um suporte pra minha insegurança... que criança!
Às vezes não quero ser, quero ter, quero matéria, quero tato, quero calor, quero suor... fricção.
Ás vezes eu enlouqueço de tanto que lhe desejo e quando isso acontece não lhe puxo, ao contrário, eu lhe expulso - sai daqui - me esquece, me abandona...
Às vezes, no momento seguinte, volto mansa e toda doce lhe seduzo: - vem pra cá, me faz um dengo... tô querendo me enroscar... vem pra cá me dá seu corpo... tô querendo lhe explorar...
Às vezes é tudo tão claro...
Às vezes não compreendo...


Tempos Passados 78



Perdendo Tempo



Eu costumo acreditar muito nas coisas que são ditas sem pensar,
nas palavras que "pulam" da boca expondo o inconsciente ou
o que é consciente mas é filtrado pela boa educação.
Acredito piamente naquilo que quando dito sem querer,
transforma-se em motivo de desconforto e
gera digamos... pedidos de desculpas
ou explicações desnecessárias e frágeis
diante da força do pensamento que escapa
em palavras "não autorizadas" pela vontade consciente...

( eu gosto de perder tempo com você )




Tempos Passados 77



Ele

Ele sabe tanto de mim... me adivinha, me antecipa,
lê meus pensamentos, protege minhas atitudes.
Ele me faz tanto dengo, me diz palavras tão doces,
pensa junto comigo e cuida de mim a distância.
Ele me conhece a fundo... meus sentimentos,
tom de voz, as palavras, meus silêncios...
Ele deveria ser um.



Tempos Passados 75




fotografia de françois benveniste


Pretensões


Danem-se meus sentimentos,
que morram meus desejos,
que a esperança se afaste de mim.
Que venha a verdade
e me arranhe com suas garras e
me arranque os sonhos
e as expectativas.
Que sequem minhas lágrimas,
que selem minhas dúvidas,
que travem meus devaneios,
que tranquem o amor em mim:
para que ele não se expanda,
para que ele não se fortaleça,
para que ele não te queira,
para que ele não te busque,
para que ele não te ame...
Que venha a solidão
e me acolha ternamente
em seu colo de madrasta.
Que venham a madrugada
e o cansaço desses dias
e me façam adormecer.



sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Quando Te Vi - Beto Guedes





quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Deveria Ser Todo dia!





terça-feira, 11 de setembro de 2007

Na Mosca!





Rich Theobald´s Pop Art





This is love





"I'll follow you and make a heaven out of hell,
and I'll die by your hand which I love so well."

William Shakespeare

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Tolinha




Se algo eu pudesse desejar
neste exato momento,
desejaria sentir a luz de seus olhos nos meus
e o calor de suas mãos ao segurar as minhas.
Depois,
eu fecharia meus olhos suavemente e
ofereceria meus lábios a um beijo seu...

Nina Victor



domingo, 9 de setembro de 2007

Conto de Fadas do Século XXI



Era uma vez...
Numa terra distante...uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima.
Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico...
Então, a rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito.
Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa.
Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo.
A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...
Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma:
- Eu, hein?... nem morta!

(desconheço a autoria)


Thought of the Day



God will not let any of your anguish go to waste.
Instead he will raise you up and use you for his purposes,
Making something beautiful out of every tear you shed.

Ann Spangler,
"An Angel a Day"

Peter Parker to Mary Jane:





"I said to Spider Man, The great thing about Mary Jane is when you look in her eyes and she's looking back in yours, everything feels not quite normal. Because you feel stranger and weaker at the same time. You feel excited and at the same time terrified. The truth is, you don't know what kind of man you want to be. It is as if you've reached the unreachable and weren't ready for it."



sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Que nem eu...



I don't always know what I'm talking about but I know I'm right.

Muhammad Ali




Red Hot


Nada é perene,
tudo é vulnerável ao tempo;
mas aconteça o que acontecer,
uma coisa não vai mudar:
Red is Hot.
So am I.

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Êxtase




Explode e repercute
nas ondas vibratórias do meu ser
o prazer que trasborda de dentro de você.

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro






quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Sim!




orkut glitter graphics




segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Como eu escrevo (meme)




A Claudya, me passou o meme acima...

É a primeira vez que participo de algo assim e apesar do convite ter sido feito no Canto dos Gatos, estou respondendo aqui, pois é no Guarda-Chuva e Guarda-Sol e no Decifro e Devoro, que escrevo junto de Helio Jenné, que solto e reúno as letras.

Respondo ao "como" com um "porque"... Na verdade, escrevo pouco e não me envaideço daquilo que escrevo; não me considero boa na prosa e nem mesmo na poesia. Todavia, ainda assim, gosto de materializar o que vem à cabeça. E as palavras estão aí pra isso! Logo, me aposso de algumas, junto umas às outras e vou tecendo minhas idéias e sentimentos sem nenhuma pretensão literária e até mesmo com uma certa timidez.

No final das contas, escrevo porque é o que sei fazer, no sentido de ser alfabetizada, pois do contrário não teria como expressar minhas emoções, já que não sei pintar, bordar, fazer esculturas, contar piadas ou tocar um instrumento, por exemplo. Se bem que um dia, eu já soube dançar... Mas isso já é uma outra história!

Vou convidar para responder este meme meus amigos:

Simbioze, Patrícia Gomes, Helio Jenné, Fabio Adiron e Tânia Carvalho.


Cansada, muito cansada



Estou sendo repetitiva, mas escrever é o que resta, já que não posso apressar o tempo. ESTOU CANSADA! Preciso descansar, estou no limite das minhas forças, da minha paciência, do meu equilíbrio mental. Quero férias, quero a delícia das horas ociosas, quero dormir sem hora para acordar, quero poder deitar no momento que me der na telha, quero não perder quase duas preciosas horas do meu dia na ida e vinda do trabalho, quero não precisar aturar gente mal-educada e arrogante, quero passar alguns dias sem ter que ler asneiras mal-escritas... Enfim, quero meu tempo pra mim!


domingo, 2 de setembro de 2007

Alegoria




Não é o azul do mar que me seduz.
Não quero me afogar, perder o ar,
nem mesmo quero seguir
o limitado caminho das pedras.
Anseio é pelo azul do céu,
aquele da parte de cima do horizonte:
o azul que vejo quando levanto o olhar...

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro





Convite





Vem e me molha agora.
Seja chuva caindo em mim.

Nina Victor


escrito para o blog Decifro e Devoro





sábado, 1 de setembro de 2007

Cúmplices da Lua




Quem há de entender os motivos da Lua
que se enche e se esvazia,
se esconde e se expõe?
Suas secretas razões
são páginas de livro aberto
para qualquer coração
que se sinta enamorado
e não tenha seu bem por perto...

Nina Victor

escrito para o blog Decifro e Devoro