sábado, 31 de março de 2007

My Name In Lights


I got my name in lights with notcelebrity.co.uk

quinta-feira, 29 de março de 2007

Que eles digam Amém





... aos meus pedidos e súplicas
e mais uma vez
contribuam para que o mal
permaneça apartado de mim.

terça-feira, 27 de março de 2007

Dear Lord by Clara JF


Sometimes I don't know how to pray,

How to express to you what I feel,

Somehow, I know you still understand me

No matter what I am going through

Sometimes I make the wrong choice

Disobeying and grieving you,

Even for the thing I shouldn't do

Sometimes Lord, I feel so lost,

Not knowing what to do, or who to turn to

And sometimes Lord, I feel so hurt,

That my chest ache and my heart so heavy.

Sometimes Lord I feel all down

Thinking about everything that has happened.

Somehow Lord, I'm still thankful you protect me.

Even though I run of on my own,

Sometimes Lord, I wish I could cares less,

Then I wouldn't feel so betrayed,

Sometimes Lord, I wish I could cry less,

So I wouldn't feel so vulnerable in my circumstances

Sometimes Lord, I wish I could love less,

Then I wouldn't have to hurt so much

But somehow Lord, I know you see me

And when I cry, you cry with me.

Sometimes Lord, I am so angry

At all the lies and superficiality

Sometimes Lord, I am so irritated

When things don't turn out right

And sometimes Lord, I get so frustrated

When I try and try and fail, seeing other succeed

But somehow Lord, you come through for me

In your time, in way, I can't even begin to understand

Sometimes Lord, I say things I don't mean

I pray you forgive me

Sometimes Lord, I choose to do things

Which make you very sad

Sometimes Lord, I don't even understand my self.

I pray you guide me

And sometimes Lord, I don't know what to do

I pray you give me wisdom.

Sometimes Lord, I don't understand

All this love you have for me

That I look for it in the wrong places

And and up hurting myself

Sometimes Lord, I can't believe

That you thought of me above all

Sometimes Lord, though I am unworthy

You still came and died for me and set me free

Sometimes Lord, when things go wrong

I will learn to trust you more

And sometimes when I feel hurt

Lord, I pray I will love you more

Sometime when I do things I shouldn't

I pray to the Holly Spirit will give me strength to persevere

And somehow Lord, I'll always remember

That I always have you near.



domingo, 25 de março de 2007

Tempo



Há tempos de paz, tempos de espera, tempo para amar, tempos conturbados.
O tempo nunca está só, de alguma maneira quase sempre está adjetivado, acompanhado de uma idéa, sensação, atividade... qualquer coisa que denote a qualidade do tempo que estamos vivendo.
Meu tempo tem sido uma mescla de todos os tempos.
Há amor de sobra e de qualidade, sinto carinho sincero vindo de vários lados.
Há tranquilidade no meu trabalho.
Há estabilidade na minha casa.
Há pequenas, porém, preciosas vitórias a cada dia que tenho vivido.
Existem vários fatores que, conjugados me fazem uma pessoa feliz e de sorte.
Contudo, tenho um ponto fraco: minha saúde.
Por que será que há quase sempre alguma coisa acontecendo comigo?
Novamente, estou às voltas com exames e pesquisas... novamente sinto o medo tentar se apoderar de mim e, novamente, luto contra isto.
Preciso me dominar e parar de sofrer por antecipação.
Preciso aprender a aguardar os resultados e diagnósticos antes de me desesperar.
Aliás, preciso aprender a não me desesperar e sim, a confiar e a combater o possível desequilíbrio que possa haver em meu organismo.
Tenho muita fé em Deus e na Egrégora de Tupyara.
E como sempre, recorro à minha fé para me manter de pé e caminhando, com a certeza de qualquer mal maior que esteja pensando em habitar meu corpo, será banido, e aqui, em mim, não fincará suas raízes.
Acredito no poder da fé, nas curas espirituais e em milagres.
E acredito, porque já recebi várias graças ao longo de minha vida, já fui curada de doenças mais de uma vez. E só tenho a agradecer por isso. Deus é sempre muito generoso comigo.


domingo, 18 de março de 2007

sexta-feira, 16 de março de 2007

Resgate

Artwork by Claire Beaumont



Te pressinto desde os inimagináveis tempos
quando eu não sabia ser possível sentir
o que ainda está por vir.
E agora, no presente,
vivo uma urgência futura
de reviver o passado não acontecido,
resgatar o lapso de tempo
onde paralelamente seguíamos
em direções opostas...

Nina Victor



quinta-feira, 15 de março de 2007

Kiss!



A peach is a peach
A plum is a plum,
A kiss isn't a kiss
Without some tongue.
So open up your mouth
close your eyes,
and give your tongue
some exercise!!!


domingo, 11 de março de 2007

Eu Preciso de Você




Eu preciso de você porque tudo que eu pensei
que pudesse desfrutar da vida, sem você, não sei
meu amanhecer é lindo se você comigo está
tudo é muito mais bonito num sorriso que você me dá

Eu não vivo sem você porque tudo que eu andei..
procurando pela vida, agora eu sei
que andei sabendo que em algum lugar te encontraria
pois você já era minha, e eu sabia

Como a abelha necessita de uma flor
eu preciso de você e desse amor
como a terra necessita o sol e a chuva, eu te preciso
e não vivo um só minuto sem você

Eu preciso de você porque em toda minha vida
nem por uma vez amei alguém assim
você é tudo, é muito mais do que eu sonhei pra mim
e é por isso que eu preciso de você


Desnecessário

Imagem: Box of Doubt de Adriana de Castro




Por que descer agora o véu da dúvida
naquilo que em tudo era certeza?


quarta-feira, 7 de março de 2007

Palavras


É assim:
tuas palavras alimentam e arranham
meus sentimentos.


terça-feira, 6 de março de 2007

Mega TPM

Erro





Tem vezes que dá errado.
E acaba mal.

domingo, 4 de março de 2007

Zodiac and Kisses



Aries

Your kisses are quick and passionate fits of lustful pleasure
that are there and then gone.

Taurus

Your kisses linger; they are deliberate,
heartfelt and they can go on and on and on.

Gemini

Your kisses are interrupted by spasms of giggles,
smiles and funny observations.

Cancer

Your kisses are warm and tender,
and you never want to let them go.

Leo

Your kisses are wild and uninhibited, biting and clawing;
you expect applause for your performance.

Virgo

Your kisses are so subtle and tidy,
your lover only notices them once you've finished.

Libra

You're too busy worrying about your breath
to really get into your kisses.

Scorpio

You skip the kiss and get straight
to whatever comes next for you.

Sagittarius

Your kisses are surprising,
spontaneous affairs that leave the kissed wanting more.

Capricorn

Your kisses are intense moments of sublime relief
from the stress of your day.

Aquarius

Your kisses are wet and messy,
and you tend to keep your eyes open.

Pisces

Your kisses are starry-eyed,
amorous and long-lasting.



I Am the Ocean by Dee Kindrick



The ocean takes me to a place of peace

I feel the ocean’s soul and I'm content, I have no worries, I'm at ease
What I would do to live in the ocean and bath in the sand
Swim at every sunrise and mesmerize every sunset
I want to run on the beach and dive in the waves….have no regrets
Swim like a dolphin and grow with the coral reef
I want to be a part of the ocean like the ocean is a part of me
I feel the oceans soul and it pulls me in
Into a place of happiness and peace, I am the ocean
The ocean is a beautiful place but it can take you in
Swim...swim fast with the waves and you'll be okay
I'm loved by many and I see love
I see you holding hands and staring at the moon
I see you walking hand in hand, I knew you would come
Sit by my shore and wait for the sun
I'll make the day beautiful and allow the sun to reflect off of me
Come to me and let go of your thoughts and fears
I am the ocean, swim with me and I'll catch your tears


Quero te guardar em mim...

Foto de Rita H.



Salmo 23

Resquícios da Noite de Cão



Ainda não consegui me recuperar emocionalmente do terrível acontecimento da madrugada de quinta pra sexta. Ontem, ainda estava mais animada, pois havia acordado me sentindo bem disposta, mas hoje, meu astral já baixou novamente, estou me sentindo deprimida, oprimida, com medo de viver, de existir, com medo de cada segundo que chega, pois não sei o qual surpresa me trará... sei que não apenas coisas ruins acontecem na vida da gente, sei que muitas coisas boas e alegres também chegam de repente, mas estou traumatizada com o sofrimento que passei, com as dores e toda a sensação horrorosa de sentir a vida indo embora de forma tão bizarra. Agora fico atenta aos menores sinais de meu corpo, tudo me apavora, tudo me faz querer chorar... tenho vontade de dormir longamente e só acordar quando aquele episódio puder ser esquecido, quando não restar mais nenhuma lembrança em mim do que passei. Estou sem paz de espírito, estou me sentindo vulnerável, estou medrosa. E como sempre digo, o medo é o sentimento que mais me incomoda, que mais me faz sofrer. Preciso encontrar alguma alegria, preciso resgatar meus motivos pra sonhar, preciso ficar bem comigo mesma, confiante de que o mal já passou e não vai voltar. Preciso alento pro meu coração, esperança no amanhã, paz no meu dia a dia. Mais uma vez, Deus e Tupyara demonstraram estar ao meu lado sempre, me livrando dos males, me resgatando das coisas ruins, me mantendo e protegendo. E mais uma vez peço à eles que confortem meu coração e me envolvam numa atmosfera de paz e alegria interior. Amém.


sábado, 3 de março de 2007

Caminho


É em teu olhar que encontro a luz de um amanhã mais feliz.
E é pra lá que me dirijo atentamente...


Dúvidas: um atraso de vida!

Depois da tempestade



Passei a sexta-feira inteira me sentindo esquisita, dormi a maior parte do dia, a fraqueza tomou conta de mim. Mas dormir é bom, repõe as energias perdidas e acalma o coração e a mente. Foi muito estranho ter sentido pela primeira vez na vida a certeza de que iria morrer. A sensação de ter o fluido vital se esvaindo e a consequente perda do controle do corpo é extremamente desagradável. E por mais exagerado que possa parecer, creio piamente que se ainda estou viva é graças às orações, pedidos e invocações que fiz com o pouco de voz e lucidez que ainda restavam em mim. Espero nunca mais sentir algo semelhante ao que aconteceu na madrugada de quinta pra sexta. Que Deus me proteja. Mais uma vez.



sexta-feira, 2 de março de 2007

Noite de cão



Vivi a pior noite da minha vida. Cheguei a ter certeza de que iria morrer. Dores fortíssimas, dormência e cãimbras nos pés e nos braços e mãos, tonteira, dificuldade de falar, boca e garganta totalmente ressecadas, parca capacidade de enxergar e compreender o que estava havendo à minha volta e o Leo desesperado sem saber o que fazer. Com as poucas forças que eu tinha, rezei, rezei muito, pedi, supliquei algum alento, paz, cura. Quando as dores pararam e o mal -estar geral também, tive calafrios terríveis, não havia edredon que me aquecesse... acho que acabei adormecendo de cansaço, mas acordando a toda hora... e o Leo, ali do meu lado, sem dormir, tomando conta de mim. Talvez tivesse sido o caso de me levar para um hospital, mas ele ficou sem ação, de tão desesperado. O fato é que acordei hoje melhor, mas sem condições de ir trabalhar, ainda me sinto fraca e mal consigo ficar de pé sem me apoiar em algo, ainda sinto um pouco de enjôo e estou com medo de comer o que quer que seja... Leo foi trabalhar. Deus está comigo.


quinta-feira, 1 de março de 2007

Sem Sal

Alone by Toulouse-Lautrec


Em meio ao turbilhão emocional
que me encontro,
pausa para reflexão.
E pé ante pé, de mansinho,
faço uma revista no passado,
revejo nosso histórico
e o medo me espeta a pele.
As certezas se esvaíram
e um vazio se formou.
Vou dormir assim sem sal:
sem som, sem sol, sem você.

Nina Victor