terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

Tempos Passados 72




Amando Fantasmas



Quem já amou um fantasma e
sentiu nos lábios a ausência de calor ao toque do beijo?
Os lábios frios que arrepiam a pele de tesão e de pavor?
Quem já desejou um ser sem rosto, sem corpo fálico
mas que faz barulho por onde passa, assombra a mente,
transpassa paredes e sopra suaves indecências ao vento?
Quem já sentiu o gozo chegar num calafrio?
Quem já teve gemidos abafados pelo som de pesadas correntes?
Quem, em sã consciência,
reconheceu nos lençóis amassados o perfume da morte?

Nina Victor


Nenhum comentário: