quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Retidão





É o caminho vicinal que me interessa.
Não há asfalto bem conservado que me atraia ou me estimule a velocidade.
É pelo atalho que leva à lugar nenhum que eu quero seguir.
É na falta de objetividade que tenho focado minha meta.
É sentindo o blue que eu quero sorrir e ter prazer.
Nas notas musicais é que me aqueço.
É no teu desconforto que me aconchego.
Chega de vida reta: quero curvas e aclives.

Nina Victor



Nenhum comentário: