sexta-feira, 22 de dezembro de 2006

Zézão



Adeus primo.
Descanse me paz.

Nenhum comentário: