terça-feira, 29 de agosto de 2006

Putz




Era só o que me faltava: sentir saudades.



sábado, 26 de agosto de 2006

Vai Ficar Para A Próxima...



Eu estou tão triste hoje. Quero desencantar, abandonar os sonhos que já perdi mas que insisto em fingir que estão por aqui ainda... Preciso focar minha atenção no palpável, eu preciso, mas não sei se quero... eu não quero realidades, não quero o tempo presente, quero uma volta ao passado e um pulo pro futuro. Quero fazer diferente, quero que o tempo estanque e me aguarde. Ou me leve com ele pra distante daqui... Eu quero um compromisso de Deus comigo para a próxima vida, meu segredo realizado nos cinco sentidos, em todos os planos, no mesmo espaço geográfico, com bocas que falam a mesma língua e línguas que se entendem em beijos...


Urgências



Preciso digerir toda a urgência que habita em mim.
Encontrar atalhos, encarar verdades e fazer acontecer,
ser, poder viver, arriscar e me deleitar com com os fatos,
com o tato, com sabores e idéias...
Sentir, falar, olhar.
Calar.
Calar e existir profundamente no seio das minhas urgências.

Nina Victor


terça-feira, 22 de agosto de 2006

Desejo



Que urgência é essa que brota nos poros do meu corpo
e me faz morder e molhar os lábios,
fechar os olhos e inspirar e suspirar
e sonhar e sentir você?...

Nina Victor


segunda-feira, 21 de agosto de 2006

O Toque de Azul



São como morcegos-vampiros
vindo de encontro a mim,
meus pensamento em relação à você.
Tento evitar mas eles são muitos
e mais ágeis que eu.
Mordem meu pescoço e
transfundem sua presença
pro meu sangue.
Agora é fato:
o toque de azul
já transita por mim.

Nina Victor

Got My Mind Set On You



Cilada total duas noites sonhando a mesma coisa. Influenciável que sou, permaneço sonhando durante o dia, idéia fixa, recorrente, instigante. Cadê o exercício do autocontrole? E por acaso eu quero me controlar? Cercear? Censurar? Nem um pouco. Libertária total. Cilada total. Sonhos, bah!

domingo, 20 de agosto de 2006

Só Maquiavel Salva



Posso até estar enganada mas penso que aqueles 10% que faltam para que eu me sinta 100% satisfeita com minha vida estão prestes a sair do plano das idéias e se materializarem. Venho percebendo uma certa mudança em mim, ainda que sutil, mas que vem se mantendo com uma certa regularidade. E tudo que eu preciso é constância e continuidade. Estou torcendo por mim mais que nunca e até ouso dizer que sinto alguma determinação brotar no fundo da alma. Ainda que os motivos que estão me levando a conseguir algum controle sobre a situação não sejam os mais nobres do mundo, estão servindo por hora. Precisou uma nova década de vida chegar e se solidificar para que eu compreendesse a máxima maquiavélica de que "os fins justificam os meios". Antes tarde do nunca. E vamos em frente.

segunda-feira, 7 de agosto de 2006

O Gato Dois



E o gato solitário,
está doente de solidão.
Cansou-se da paisagem traiçoeira
e perdeu-se na grandiosidade
do mundo
em busca da imagem amada...

Nina Victor


O Gato Um



Passo ao lado do gato.
Mio e desafio o gato.
Salto de banda e viro às costas pro gato.
Vou embora pensando no gato.

Nina Victor


É assim ó...



Fazer amor com você
é renascer para a vida
morrendo de tanto prazer.

Nina Victor


Pensando Alto



As afinidades desafinam com o tempo...

Nina Victor


Tempos Passados 59



Não cuido de meus frangalhos
e ilumino-te
com lamparinas arcaicas.
Acho que é por isso
que não me recupero e
nem te enxergo por inteiro.

Nina Victor


Jogo



Procuro te pegar
no jogo dos sete erros mas
só encontro as sete semelhanças...

Nina Victor


Mistério



Teu maior mistério
reside em mim:
és meu efeito sem causa.

Nina Victor


Tempos Passados 58



O medo me assombra e me faz te agredir.
Desafio teu gostar e testo teu amar.
Quero ver se sobrevives
às intempéries de meu humor.
Mas rumores me apavoram
e desejo fugir de ti e
quanto mais não te quero
mais me sinto apegada.
E na dualidade amor x desamor
me armo e te desarmo.
Penso em tantas bobagens
dia e noite e madrugadas
que acabo te proporcionando
sutis incentivos à realizares
o que me faz tremer e
querer morrer ou matar-te.
Quando mais te adoro,
menos bem te desejo.
Quanto mais te desejo,
menos te adoro.
Dual. Fatal. Final.
E eu?

Nina Victor


Tempos Passados 57



Estanco à meia-distância,
distante de ti.
E forjo na leitura labial
palavras que não disseste
mas que eu ansiava ouvir.
Adapto teus gestos
às minhas lembranças e
recordo carinhos que
não ganhei.
Concilio teus passos
ao meu caminhar:
à meia-distância,
distante,
mas perto do meu desejar.

Nina Victor

Tempo:



Passageiro da vida curta
que se deixa levar
por um simples segundo.

Nina Victor

Tempos Passados 56



A lua cheia de maio
me encheu de ciúme e
como um lunático,
segundo disseste,
fiz tempestade de meteóros
por causa de grãos de areia.
Tu disseste: que exagero!
Mas eu rebato:
seria eu, menor que os grãos de areia
e por isso, para mim,
teriam eles dimensões de meteóros?

Nina Victor

Clã



Eu pertenço
à clã dos descabidos.
Absurdamente,
acredito na vida:
aguardo e acalento sonhos.

Nina Victor


Tempos Passados 55



O caminho é longo,
nossas passadas, curtas.
Há muito por fazer
mas nosso desejo é escasso.
Do sol, não aguentamos o calor.
E, da lua, tememos o brilho.
Pergunto à imensidão
qual será nosso destino.
E num sopro aveludado,
ela responde: desatino...

Nina Victor

Então...



Talvez o mundo pareça vasto
mas ele cabe dentro da minha cabeça.

Nina Victor

Tempos Passados 54



Ele é incrivelmente lindo sem ser belo.
Beleza da fala macia,
quase arrastada, musical.
Sensualidade casual,
sem querer, proposital.
Tudo espontaneamente medido e pesado.
Elo de sedução.
Teu nome, Tesão...

Nina Victor

É assim...

Vagueio nas horas vagas,
nas vagas de tuas horas...

Nina Victor

domingo, 6 de agosto de 2006

Tempos Passados 58



De repente,
apenas o sol e tudo ficou completo.
O início.
Dos desejos - lembranças.
Momentos mágicos.
E o sol surge e a vida urge.
e a gente some...
Dorme.

Nina Victor

Sonho Lunar Netuniano



Eu passaria noites solitárias no deserto
apreciando o passeio da areia
levada pelo vento.
Eu buscaria incessantemente um oásis:
até cansar e cair ao solo.
Aí então,
eu procuraria uma pista nas estrelas,
ou quem sabe,
o luar me mandasse alguma mensagem...
Eu poderia andar sem rumo
durante muitos dias
na doce esperança de chegar em algum lugar.
Eu teria sede e sentiria medo e
viria a sensação de que
todos os meus esforços seriam inúteis.
E apesar da certeza de que nada adiantaria,
eu ainda tentaria sair deste deserto...
O luar prateando a areia.
O sol dourando a areia.
E eu, morrendo aos pouquinhos
com a ilusão sempre presente
de um renascer feliz e intenso.
( ... é assim meu amor por você,
como esta viagem pelo deserto,
sem perspectivas concretas
mas com a esperança latente e
insistente pulsando no meu coração,
que me faz ver poesia
onde não tem solução... )

Nina Victor


Tempos Passados 57



No rio que corre,
escorre
meu pensamento.

Nina Victor


Conselho



Não tente entender o que se passa em mim e
nem procure compreender o que digo.
Apenas sinta.
Use seus sentidos para decifrar-me,
pois, toda lógica, no fundo,
é ilusória e ilógica.
O que eu digo é nonsense
mas finamente pensado e
impetuosamente sensato.
Não procure soluções:
seria tempo perdido.
Viva enquanto durar o encanto.
Não se preocupe com o futuro:
o que parece longe,
pode estar bem perto,
ao alcance da mão,
mas você pensa estar distante,
por medo ou comodidade.
Esqueça o certo e permita o errado.
Não pare.
Não pense.
Não questione,
mas procure penetrar no íntimo das vivências.
Talvez assim,
você começe a me entender.
Mas não se preocupe com isso.
O mistério é cristalino e
bem mais simples do que você imagina...

Nina Victor

Tempos Passados 56



Acho que preciso chorar.
Verter todas as lágrimas:
as águas do alívio e
as águas da dor.
Chorar pelo que ganhei e
chorar pelo que perdi.
Molhar meu rosto com as águas do coração.
Lavar meu rosto com os resíduos de uma emoção.
Deixar rolar a tempestade salgada e necessária.
Abrir os diques.
Sangrar o açude.
Chorar pelo que ouvi e
muito mais,
chorar pelo que senti.
Eu preciso chorar para confortar
o vazio do peito que me preenche insatisfatóriamente.
Preciso chorar e celebrar
tua linda cabeça,
tua linda figura e
teu imenso coração.
É preciso celebrar e festejar
a tua estonteante sensibilidade.
Chorar como criança sem compromissos
com a estética ou com a lógica.
E como criança,
sentir o intraduzível gosta do que sinto agora.
Preciso chorar pela indefinição
já tão definitiva e definida.
Chorar pela bilateralidade oposta
dos contrários simétricos.
Abrir o coração ao mundo,
me virar pelo avesso e
te colocar para fora.
Te sorrir chorando na esperança do afago.
E te chorar até o fim.
Até, saíres de mim...

Nina Victor


Tempos Passados 55



Num amanhecer cor-de-rosa
te vi passar numa nuvem vermelha
com tua pele branca e
teus cachos castanhos.
Pude reconhecer teu sorriso,
teus pelos do braço e
teu relógio bonito.
Nunca o céu esteve tão belo!

Nina Victor

Tempos Passados 54



SELVAGERIA


Quando a gente se encontrar
tente me ver com bons olhos
- olhos de lobo faminto -
Faz de mim sua presa e
sacia meu desejo,
saciando sua fome...

Nina Victor

Dúvida


O que fazer para mudar?
E mudar para fazer o quê?

Nina Victor


Viagem



Tua imagem translúcida
corria nas veias de Mauá e
eu te perseguia
seguindo a correnteza.
Mas foi num vôo em queda-livre
que consegui te alcançar e
as águas nos serviram
como macio colchão.

Nina Victor

Estalo


Chego à conclusão
que o mais importante na vida
é tentar o que se quer.
Logo,
"tentarei" você.

Nina Victor

Proposta



Pensei num pacto de eternidade,
algo assim que transcendesse
as barreiras da vida e do tempo e
se perdesse no infinito das coisas.
Pensei nisto,
pensando na gente,
na magia e no muito de encanto
que paira no ar.
Pensei no eterno,
porque o sempre é pouco;
dá idéia de duração da vida terrena.
Já o eterno é muito mais,
é demais e ainda assim,
é pouco para nós.
Pensei num pacto de eternidade,
porque não achei nada maior.

Nina Victor

Magia no Ar


A magia está no ar.
Tudo é silenciosamente intenso.
As verdades são ditas pelo olhar.
Um olhar e tudo é revelado.
A intuição se atiça:
o encantamento é maior.
E o mistério
cria um clima sensual.
As coisas estão assim:
A luz se reflete na piscina,
cada um no seu canto,
os copos vazios e
os sonhos voando
cada vez mais alto.
Tudo está lindo demais.
Você então, nem se fala...
É muita coisa fluindo
de uma só pessoa...
A magia está no ar.
Mas emana da gente.

Nina Victor

Analogia



Meu coração é de esquerda.
É vermelho.
É altamente subversivo.
Vive na clandestinidade.
Não pode legalizar seu partido.
Mas ainda assim,
pulsa fortemente.
Meu coração é da esquerda do futuro.
É do vermelho mais vivo.
E é, acima de tudo,
belamente subversivo!

Nina Victor

À mercê de respostas



Queria saber o que vislumbram
teus olhos fechados
a cada acorde de tua música.
Que pensamento secreto
acalentará o sorriso maroto que
escapa pelos cantos de teus lábios?
Qual será o significado
de teu olhar molhado e sereno
que faísca e me deslumbra?
Por que tua pele morena me fascina?
Que pensamentos são esses
que povoam minha imaginação
quando penso em ti?
Por que essa saudade enlouquecida?
O que cada mínimo espaço
do teu corpo tenta me transmitir?
Será que tua imagem, morena,
é real?

Nina Victor

Faz de Conta


Faz de conta que eu existo e
brinca de me amar.
Depois me guarda num canto e
finge que eu não existo.

Nina Victor

Constatação 01


Às vezes acho que sim.
Às vezes acho que não.
Às vezes não acho nada:
Perco.

Nina Victor

Sensual



Um corpo invade o outro e
passionalmente
o vai dominando com
manhas e senhas,
segredos, brinquedos,
desafiando a malíca do sexo,
o fogo da paixão e
a incerteza da total entrega
que fere o interior
fazendo fluir o amor
de corpos apaixonados
delirando pelo intenso prazer
de dois espíritos afins
que pedem a eternidade...

Nina Victor

TocLoc 07



Uma luz,
uma estrada.
Perco-me nos caminhos
sem saída e sem chegada.
O labiranto me envolve,
me devora,
me ilude e
me mata.
Mas me faz feliz.

Nina Victor

TocLoc 05


Desencontro no encontro marcado.
Inesperada porrada no coração:
Acabou mesmo!

Nina Victor

Tempos Passados 53



Deixo a correnteza levar
aquilo que não posso conter.
E nas idas e vindas do mar,
aguardo o meu bem-querer.

Nina Victor

Instantâneo 17


... e achava disperso o amor diverso
pois não conhecia as dimensões
do verbo amar...

Nina Victor

Tempos Passados 52



ROTINA

Nossas coisas nunca dão certo:
Mais um sonho desfeito,
mais um dia perdido.
E assim o que era junto
passou a ser separado e
o que seria grande
morreu antes de crescer.
Nós que éramos nós,
agora somos apenas eu e você .

Nina Victor

Simples Assim:



O dia amanheceu comigo.
Você não.

Nina Victor

Tempos Passados 51



Viajo para longe,
pro lindo e nítido refúgio
que percebo no raso brilhante
de teus olhos.
Tua íris - um sinal,
tua pupila - um canal.
Enxergo e penetro.
Me perco e me extasio.
Fantasio um enconto profético:
No fundo de tuas retinas,
reconheço as minhas...

Nina Victor

Tempos Passados 50



Talvez sejas tão transparente
quanto a água do rio em que te banhas.
E a minha visão tão turva
quanto as águas da Guanabara.

Nina Victor

Tempos Passados 49



COISAS DE MAUÁ


O que é que a gente não faz
por uma paixão?
Lavar panela suja de macarrão
na água do rio,
à noite, no escuro,
com um bando de sapo em volta...
E ainda por cima,
acha tudo muito lindo...
Ah, coração insensato...

Nina Victor

Tempos Passados 48



Quem me quiser do jeito exato que sou,
terá ao seu lado a exata pessoa
com quem sempre sonhou.

Nina Victor

Então fica assim...



Se eu te amo?
Não. É só impressão, é cisma.

Nina Victor

Tempos Passados 47



Quero que me chames.
Quero ir ao teu encontro
na cidade poluída ou
em qualquer outra porção
de terra ou mar,
aqui,
por lá,
sei lá,
qualquer lugar.
Basta que me chames.
Eu vou.

Nina Victor

Tempos Passados 46



SÃO TOMÉ DAS LETRAS

Foi sem nada esperar
que encontrei o melhor da vida
perdido num canto de Minas.
A simplicidade das palavras,
a intensidade dos olhares,
cada um ao seu modo e
o azul indizível, intraduzível e
que permanece perene
na minha lembrança.
Teu céu tem sol e lua
ao mesmo tempo.
Teu chão tem pedra e pó,
pó de pedra,
pedra com pó.
Mas da pedra e do pó,
surge vida vegetal
que cresce para o infinito
no encantamento de teus
coloridos crepúsculos e
festivas alvoradas.
A vista alcança o longe e
o longe parece perto.
Não há sinal de vida conturbada
ao teu redor.
São mares de montanhas
e vales
definindo a linha do horizonte.
E és o meu horizonte e
quero ser parte de ti.
Me espera,
que um dia eu volto,
pois quero ser feliz sem tempo,
não tendo passado,
sem pensar no futuro,
vivendo teu presente
no meu presente e
sendo presente em ti e
te fazendo presente em mim,

Nina Victor

sábado, 5 de agosto de 2006

Explicação



E se alguém me perguntar "por que",
responderei apenas:
porque foge ao meu controle...

Nina Victor

Tempos Passados 45



Apreensão pela resposta não dada,
pelo silêncio forçado,
pela ansiedade incontida e indisfarçável.
Medo do não vir.
Desejo de ir além,
ultrapassando os limites do aceitável.
Frio de desespero
na angústia da espera do inesperado.
Cadê você?

Nina Victor

Reflexos



Foi tentando fugir de ti
que acabei me distanciando de mim.
E naquela louca ânsia de te esquecer
passei a viver a tormentosa presença diária,
tão saudosa, de teu fantasma.
E ao procurar por mim
encontrei-me contigo,
num lugar que não era o meu
mas onde eu estava ali,
encarnada em ti e desfigurada de mim.
Minha imagem se confundiu na tua
e projetei em ti alguém que não sou
e contra ti atirei
todas as minhas expectativas.
Frustrei-me
por não seres quem eu era.
Alegro-me
por eu não ser quem és.

Nina Victor

Desencontro



Na ânsia da conquista foi que me perdi de ti.
Querendo que seguisses meus caminhos,
enveredei por atalhos difusos,
tão confusos para mim que tudo que consegui
foi distanciar-te da minha companhia.
Teu silêncio me tortura e
teu carinho comigo quando estamos juntos
é uma dádiva maldita que me corrói e acalenta.
A tua indefinição e meu medo de ser explícita
transformam em perigo os mais inocentes gestos
e as mais ardilosas palavras
soam como canções de ninar.
A ambiguidade é tão grande que parece
não haver saída.
Ficamos parados e quando prossigo,
estancas.
E em teu movimento não consigo te seguir.
Temos sintonia e comunicação
mas falta-nos audácia para sermos
quem queremos ser.
Enquanto isso,
impassível à tudo passa o tempo em seu ritmo,
sem pena de nós,
nos deixando para trás.

Nina Victor

Imprescindível



És a antítese e o caos.
Principias
com a mesma naturalidade que
finalizas
o que ficou por fazer.
Verbalizas idéias contraditórias
e me olhas com olhar de punhal.
Reduzes-me a nada e
me fazes renascer do infinito
cada vez mais perto do sonho,
cada vez mais distante de ti.
És fundamental na minha insanidade,
pois sem ti, não há ilusão ou desejo.
És imprescindível na minha vida,
pois sem ti...

Nina Victor


Tempos Passados 44



Minhas palavras para ti
voam perdidas num malote qualquer
da ECT.
Não sei se chegarão em tuas mãos e
nem qual será o teu olhar ao lê-las.
Terei provocado emoções
ou apenas risos singelos de quem diz:
" ora, vejam só " ?
Aparei minhas arestas.
Não mais tão alto voará
minha insanidade.
Aguardo tua resposta
com a tranquilidade dos loucos
dopados de sedativos.

Nina Victor

Tempos Passados 43



És luz, calor e vida.
Matas minha sede de sedução
envenenando meu sangue
com o ópio da tua malícia.
Vedas meus olhos ao óbvio
com o reluzente olhar que possuis.
Levas-me por caminhos estranhos
e sigo-te perdida de mim mesma
na vã ilusão da reciprocidade.
És essencial e frutificas
sonhos impossíveis
que me dão asas para voar.
Viver sem ti seria suicídio
mas contigo ao meu lado hoje e sempre
renasço aos poucos
de um homicídio diário...

Nina Victor

Tempos Passados 42



És uma pessoa obscura.
Tão próxima de mim
e ao mesmo tempo tão inatingível.
Me enches de esperanças
e somes no espaço
me deixando no vazio
com tua ausência sempre presente
ao meu lado.
Busco por ti e não te encontro.
Quando desisto, reapareces,
resplandecente, quase real.
E quando meu desejo se manifesta,
já é tarde,
sumiste outra vez...

Nina Victor

Tempos Passados 41



Teu olhar é olhar de gato.
Aquele que não pisca nem desvia.
Aquele que prende e paralisa.
Esfinge, enigma:
" Devoro-te se me decifrares! "
E não te decifro e nem me devoras.
Hipnose transcendente.
Mistério. Fixação.
Olhar de gato no escuro.
A tua marca indelével,
inconfundível e inesquecível
para quem, como eu,
já cruzou com teu olhar.

Nina Victor

Tempos Passados 40



Pertenço à tribo dos sonhadores descarados:
aqueles que sonham mas escondem a face
por detrás de um ar blasé.

Nina Victor

Tempos Passados 39



MEDO


Somos um e outro,
dois em um
individualmente separados
mas virtualmente unidos
pela possibilidade de sermos nós
de forma clara e explícita.
Somos uma indefinição consciente
da nossa loucura sufocada
ansiosa por explodir em escândalos.

Nina Victor

Tempos Passados 38



Provei do teu beijo
e agora teu sabor
se confunde com todos os outros...

Nina Victor

Tempos Passados 37

Olho nos teus olhos
e deixo teu olhar cortante
penetrar minhas entranhas
e desvendar meus mistérios.
Quero que descubras a mim.
Para que eu possa
descobrir-te aos poucos
numa explosão de seiva e saliva...

Nina Victor

Tempos Passados 36



Sou apenas sombra.
Espectro de esperança.
Fantasma do adormecido.

Nina Victor

Tempos Passados 35



Confissão


Espero que não tenhas acreditado
em tudo que te falei
e em tudo que te fiz sentir,
pois,
te amei bem menos
do que poderias imaginar
e te usei bem mais
do que poderias supor...

Nina Victor

Tempos Passados 34

Disparo meu olhar parado
e sigo sem rumo ou direção
direto para o inesperado.
Mergulho em lágrimas sombrias
e me afogo na calmaria suposta
do desamor conformado.
...renasço num lugar diverso
de onde sempre estive:
aqui mesmo.

Nina Victor

terça-feira, 1 de agosto de 2006

As 50 Maiores Mentiras



01 - Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta.
02 - Não nos procure, nós o procuraremos.
03 - Pode deixar que eu te ligo.
04 - Puxa, como você emagreceu!
05 - Fique tranqüilo, vai dar tudo certo!
06 - Quinta-feira, sem falta, o seu carro vai estar pronto.
07 - Pague a minha parte que depois eu acerto contigo.
08 - Eu só bebo socialmente.
09 - Isso é para o seu próprio bem.
10 - Eu estava passando por aqui e resolvi subir.
11 - Estou te vendendo a preço de custo.
12 - Não vou contar pra ninguém.
13 - Não é pelo dinheiro, é uma questão de princípios.
14 - Somos apenas bons amigos.
15 - Que lindo é o seu bebê.
16 - Pode contar comigo!
17 - Você está cada vez mais jovem.
18 - Eu nem reparei que você usava peruca.
19 - Nunca broxei antes.
20 - Você foi a melhor transa que eu já tive.
21 - Não contém aditivos químicos.
22 - Estou sem troco, leve um chiclete.
23 - Obrigado pelo presente, era exatamente o que eu estava precisando.
24 - Não se preocupe, essa roupa não vai encolher.
25 - Não se preocupe, essa roupa vai lassear.
26 - Essa roupa é a sua cara.
27 - Eu não pude evitar.
28 - Tudo o que é meu, é seu.
29 - A inflação vai cair.
30 - Eu não sou candidato.
31 - Só vou por a cabecinha.
32 - O trabalho engrandece o homem!
33 - Isso nunca aconteceu comigo.
34 - Isto vai doer mais em mim do que em você
35 - Dinheiro não traz felicidade
36 - Você sempre foi a única
37 - Pode ir que vou depois
38 - Eu nem estava olhando
39 - Que bom que você já arrumou outra, estou feliz.
40 - A amizade é o que importa.
41 - Juro que não estava sabendo
42 - Não fui eu que contei
43 - Está perfeito !
44 - Esse carro nunca foi batido, só fica na garagem.
45 - Não folga que sou do jiu-jitsu
46 - Eu liguei, mas ninguém atendeu.
47 - Beleza e dinheiro não importam, e sim estar feliz.
48 - Ela era virgem quando a conheci.
49 - Nunca te traí.
50 - Essas mentiras acima, nunca falei.