sábado, 3 de junho de 2006

Taxistas Sem Noção



Deveria ser feita uma campanha educativa com os taxistas. Primeiro, eles deveriam se tocar que existem, basicamente, dois tipos de passageiros. Tem aquele que só pega táxi de vez em quando se estiver atrasado ou passando mal e aquele que pega habitualmente, puramente pelo conforto. Eu me enquadro neste segundo tipo. Logo, faço questão de carro bem conservado, limpo e com ar condicionado funcionando de verdade, ou seja: gelando. Pois hoje de manhã, liguei para a cooperativa, como faço diariamente e pedi o táxi "com ar condicionado funcionando". Pois chega aqui em casa um táxi com o banco traseiro imundo de farelos de biscoitos e quando peço para ligar o ar o motorista diz que não está funcionando. "Puta que pariu, caralho!", pensei, mas falei: "Porra, mas eu pedi carro com ar condicionado!" O motorista ficou se explicando, disse que me levaria no PA 00 para eu trocar de carro e tal e que a telefonista não avisou... Como sempre penso que existem coisas piores na vida, falei que seguiria com ele mesmo e depois faria minha reclamação na cooperativa. Assim começou meu dia... Por que será que alguns taxistas não se tocam que se alguém se dispõe a gastar R$25,00 ao invéz de R$1,90 para chegar em algum lugar, deve ser porque faz questão do conforto, né não?! Isso é uma coisa que me deixa muito irritada, muito mesmo! Na segunda-feira quando for chamar o taxi vou reclamar formalmente. E mais, quero ar condicionado ligado independente do tempo que estiver fazendo... não gosto de vidros abertos e ponto final! Aiai... coisas simples que se complicam são as mais irritantes!




Nenhum comentário: