sábado, 20 de maio de 2006

Por Antecipação



Começo a pensar em como será dolorosa a separação,

o fim de uma época, o calar de vozes, o não soar de campanhias,
as noites solitárias, os sonhos perdidos, a amizade esquecida e
todo o resto que não existiu mas pairou no ar, nos suspiros,
nas intenções, nas meias-palavras e nos silêncios reveladores.
Pressinto vindo no tempo manhãs sem "bom dia"
e madrugadas sem "boa noite",
isso sem falar nas tardes sem saudades e
nos finais de semana sem expectativas.
Ciúmes adormecidos, desejos arrefecidos e palavras sem oração...
é o que me restará quando não mais adormecer e amanhecer contigo...

Nina Victor




Nenhum comentário: